bastante.

as notícias que hoje eu desenho em minha mente
me fazem ter dúvidas do homem que sou
o que vejo
e como faço as coisas e os dias
passam
passados entreabertos não recorrem
passados mortos, o sono adiado
e o sufoco como coisa humana
a solidão como coisa viva
e a temperança
que acalma as tardes e disfarça
o desespero geral

não é necessário muito além disso
um café
dois capítulos de um livro inacabante
basta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: