parto.

“eu nunca vi ninguém nascer nesse hospital, caetano. mas morrendo, vi muitos”, disse o médico ao estagiário que vinha se aproximando. e completou: “morrer e nascer constituem um binômio curioso. à primeira vista, podem ser entendidos como pólos opostos da condição humana, mas não o são. basta um pouco mais de atenção para perceber que, na realidade, são medidas diferentes para o mesmo volume – como a água posta em dois continentes diferentes. por mais que pareçam distintos em sua forma, permanece-se exatamente a mesma matéria. o saldo visual entre uma e outra é o que chamamos de vida. isso, peremptoriamente. a vida é a mudança.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: