tesouro.

descobri um coração enterrado na varanda
dele saíam ramas que cobriam o jardim
subiam os muros descascados
veias invasoras carregadas de insetos
descobri um coração escondido na minha alma
antes mesmo de descobrir a rosa
que no meio de sua folhagem desabrochava.
descobri um coração dentro desse matagal vivo
chamado desesperança coletiva
profecia e involuntariedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: