oitavo período de gestação.

eis o meu autoaborto:
meu velho sonho torto
da américa do sul
virara carne crua
e minha alma-rua,
comida de urubu.

eis meu parto prematuro:
enterrado no escuro
de um exame pré-natal,
meu medo fez se broto
e nascera meu zigoto
do cordão umbilical.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: