poema guardado dentro de um álbum de fotografias antigo.

vou fazer um anúncio
numa página de jornal
pra tentar encontrar
 
velhos amigos desaparecidos,
velhas promessas esquecidas,
e memórias tão antigas,
que não sei bem onde
 
em qual gaveta guardei?
 
esse anúncio não tem texto
não tem espaço
não tem esperança.
 
o laço desatado.
o passo dado ao passado . 
e nada do que foi será.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: